O que fazer em Brumadinho: descubra 6 passeios imperdíveis

O que fazer em Brumadinho: descubra 6 passeios imperdíveis

COMPARTILHAR
Inhotim, O que fazer em Brumadinho
Jardins do Inhotim. Créditos: Rossana Magri

Uma cidade cheia de histórias, cercada por belas serras e que, em 2006, tornou-se sede do Inhotim, o maior museu de arte contemporânea a céu aberto do mundo. Brumadinho, que fica a apenas 60 quilômetros de Belo Horizonte, ganhou literalmente o coração dos viajantes brasileiros e de todo o mundo nos últimos anos.

Não há como negar que a principal atração da cidade é o Inhotim. Entretanto, o destino oferece muito mais para o turista! Confira abaixo o que fazer em Brumadinho e conheça as belezas dessa cidade, ainda pouca explorada.

  • Leia também um Guia de Brumadinho completo com a história da cidade e todos os passeios incríveis que tem por lá!

1) Visite o Instituto Inhotim

Inhotim, O que fazer em Brumadinho
Centro Educativo Burle Marx. Créditos: Marcelo Coelho

Sim, de cara já recomendamos que você visite a maior atração de Brumadinho, o Inhotim. Mesmo aqueles que não curtem muito museus se surpreendem com o lugar. “Fui conhecer o Inhotim um pouco cética, pois nunca fui amante de arte contemporânea, mas gostei muito do lugar. É incrível a maneira como cada artista nos faz interagir e participar das obras e, como isso nos permite ter a nossa própria interpretação de cada uma delas”, conta a viajante Beatriz Carvalho, que visitou o Inhotim recentemente.

O espaço combina um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do Brasil com um extraordinário jardim botânico. Indicamos que você reserve dois dias para conhecer o Inhotim, afinal são 140 hectares com o que há melhor em arte e belezas naturais. Escolha um dia para conhecer o acervo de arte e outro para apreciar toda a beleza do jardim botânico.

Jardins do Inhotim, O que fazer em Brumadinho
Jardins do Inhotim. Créditos: Rossana Magri

As galerias, que possuem obras assinadas por mais de 250 artistas brasileiros e estrangeiros, contam com exposições de pinturas, esculturas, desenhos, fotografias e vídeos. Como a Beatriz disse ali acima, você vai interagir com as obras de uma maneira surpreendente. Nós garantimos! 🙂

Já o jardim botânico é composto por 42 jardins, inseridos em uma porção florestal remanescente de Mata Atlântica e Cerrado. Atualmente, há sete jardins temáticos, entre eles, destacamos o Jardim de Todos os Sentidos, Jardim Desértico e o Largo das Orquídeas.

Veja como chegar ao Inhotim aqui.

2) Aventure-se na Serra da Moeda

Topo do Mundo, O que fazer em Brumadinho
Créditos: Divulgação/Topo do Mundo

A Serra da Moeda, no Vale do Paraopeba, é uma parada obrigatória para os amantes de esportes de aventura que procuram o que fazer em Brumadinho. Asas delta, parapentes e até balões colorem os céus da região ao cair da tarde, atraindo os olhares curiosos dos turistas para a área de decolagem, que está a 1.450 metros do nível do mar. É de lá que se descortina todo o encanto da Serra da Moeda.

A Serra abriga duas rampas naturais com boa inclinação para a prática do voo livre, a Moedinha, a 170 metros de altura, e a Moedão, a 580 metros. Para fazer os voos é preciso contratar escolas especializadas, que oferecem cursos de parapente e voos duplos acompanhados por instrutor.

Mais informações:
Base da Nuvem
Parapente Topo do Mundo

3) Faça a trilha até o Mirante Morro dos Veados

Mirante do Veado, O que fazer em Brumadinho
Vista do Mirante do Veado

Outro passeio imperdível na cidade é este mirante, que fica no Parque Estadual da Serra do Rola Moça, o terceiro maior parque em área urbana do país e um dos territórios verdes mais importantes de Minas Gerais. É lá que está localizado a quase 1.400 metros o Mirante Morro do Veados, que oferece uma ampla vista da região de Brumadinho ao visitante.

Para chegar até lá, é preciso fazer uma trilha leve, que proporciona um percurso cheio de surpresas. Isso porque a vegetação do Parque é rica e diversificada, sendo possível encontrar espécies como orquídeas, jacarandás, cedros, jequitibás, entre outras. A área também é habitat natural de espécies ameaçadas de extinção como a onça parda, a jaguatirica, lobo-guará, o gato-do-mato, o macuco e o veado campeiro.

>> Leia também:
9 mirantes que você precisa visitar no Brasil

4) Conheça o Sítio Histórico Quilombo do Sapé

Sítio Histórico Quilombo do Sapé, O que fazer em Brumadinho
Igreja no Sítio Histórico Quilombo do Sapé. Créditos: Prefeitura de Brumadinho

A história de Brumadinho se mistura com a cultura afro-brasileira. Depois de séculos, o município ainda preserva as raízes da cultura afrodescendente. As comunidades de Marinhos, Ribeirão, Rodrigues e Sapé formam a Região Quilombola, que teria surgido em meados do século XVIII, quando um fazendeiro e dono de escravos doou uma pequena parte da propriedade a um escravo.

Passado algum tempo, outros escravos da região fizeram morada nas proximidades, em casas feitas de pau a pique e sapé. As comunidades remanescentes de quilombolas mantêm vivas até os dias de hoje as tradições e costumes da cultura afrodescendente. O viajante pode conhecer as capelas e igrejas construídas por escravos na região e uma fábrica de cerâmica.

5) Faça a Rota da Cachaça

Tradição, qualidade e um dedo de prosa são os principais atrativos deste roteiro. Um passeio em Brumadinho que faz você mergulhar nas tradições e raízes de Minas Gerais. O visitante conhece a história de alguns produtores locais de cachaça e vê de perto a produção artesanal da bebida.

O viajante pode ainda experimentar os sabores e prazeres proporcionados pelo modo de vida privilegiado à encosta da Serra, com beleza cênica peculiar. O roteiro passa pela região de Paraopeba e Serra da Moeda.

Mais informações e reservas:
Endereço: Av. São Francisco, 565 | Córrego Ferreira.
Telefone: (31) 4117-0333

6) Passe um dia no Espaço Verde Folhas

Espaço Verde Folhas, O que fazer em Brumadinho

Nesse lugar você encontra motivos de sobra para aproveitar o seu tempo livre com muita aventura: arvorismo, trekking, escalada e tirolesa são algumas das atividades. O espaço proporciona contato direto com a natureza, dentro de uma exuberante área de transição da Mata Atlântica e do Cerrado. O Espaço Verde Folhas ainda conta com uma pousada, restaurante, viveiro de mudas e uma loja de artesanato com belíssimas peças.

Mais informações:
Horário de funcionamento: de quarta-feira a domingo, das 9:00 as 16:30
Telefone: (31) 3575-3129
Endereço: Alameda Jacarandá, 170 – Recanto da Aldeia – Casa Branca.

Entenda como chegar em Brumadinho

De ônibus:
Saída de Belo Horizonte
A maneira mais prática de chegar até a cidade mineira é de ônibus e a única empresa que faz viagens rodoviárias para lá, saindo de Belo Horizonte, é a Viação Saritur.

Os ônibus saem diariamente da rodoviária de BH, em diferentes horários, e o percurso dura aproximadamente 1h30.

De carro:

Saída de Belo Horizonte
Você precisa pegar a rodovia BR-040, sentido Rio de Janeiro. Ao entrar na rodovia siga em direção a “Lagoa dos Ingleses” e mantenha-se à direita, seguindo as placas dos Condomínios e Inhotim/Brumadinho.

Saída de São Paulo
A saída pela capital paulista deve ser pela rodovia BR-381, sentido Belo Horizonte. Quando você passar por São Joaquim de Bicas, fique atento e vá em direção a saída do quilômetro 501. Por fim, siga as placas Inhotim/ Brumadinho.

Saída do Rio de Janeiro
Se você quer chegar ao parque partindo do Rio de Janeiro, deve pegar a rodovia BR-040, sentido Belo Horizonte. Quando você passar pelo trevo de Moeda, poderá avistar a “Lagoa dos Ingleses”. Então, mantenha-se à direita e siga as placas que sinalizam a saída para Brumadinho e Condomínios.

 

Comprar passagem de ônibus