Atendimento - Seg. a Sáb. 9h às 21h (11) 2626-9632

Campo Grande

Campo Grande

Consulte os horários dos ônibus aqui

Campo grande é uma daquelas cidades que ainda carregam traços muito fortes do passado e chamam a atenção por suas belezas naturais ainda bem preservadas. A capital do Mato Grosso do Sul é certamente um dos melhores destinos da região Centro-Oeste para o turista que busca um cenário com muito verde e tranquilidade. A cidade é muito bonita e é considerada uma das mais arborizadas do Brasil. É impossível passar por Campo Grande e não perceber a intensa relação que a cidade ainda carrega com a cultura indígena. Por isso, se você está de viagem marcada para esse belo destino e quer conhecer um pouco mais sobre seus pontos turísticos para saber exatamente aonde ir após sair do hotel, nós vamos lhe dar aquela força para que seu passeio seja excelente.

Parque das Nações Indígenas

Esse é o lugar ideal para quem gosta de passeios tranquilos e com muitas paisagens naturais ao redor, sendo uma excelente opção para famílias com crianças. O parque, que fica nos altos da Avenida Afonso Pena, tem quase 120 hectares, o que lhe faz ser um dos maiores parques urbanos do mundo. Além das paisagens naturais constituídas por muitas árvores e um grande lago, o parque também oferece uma ótima estrutura para a prática de diversos esportes. Vale destacar que o local também possui sanitários, lanchonetes e também policiamento, o que possibilita ao turista fazer longos passeios sem ter nenhum tipo de preocupação ou constrangimentos.

Museu de Arte Contemporânea – Marco

Com cerca de 4.000 metros quadrados e 5 salas de exposições, inclusive uma dedicada de forma permanente às obras de seu acervo, o Museu é um dos principais atrativos da cidade. O lugar chama ainda mais a atenção e recebe um número cada vez maior de visitantes por ficar dentro do Parque das Nações Indígenas. Embora em outra localização, ele foi fundado ainda em 1991, tendo passado ao lugar atual apenas em 2002. O Museu é sem dúvida um dos grandes incentivadores da arte do estado e também de outras regiões, contando atualmente com cerca de 1600 obras das mais diversas expressões artísticas.

Memorial da Cultura Indígena

Para os que querem conhecer mais de perto os traços ainda tão vivos da cultura indígena em Campo Grande, o Memorial é o lugar perfeito. Construído em uma aldeia indígena, no bairro Manoel de Souza, ele é formado por duas grandes ocas, onde é possível, além de conhecer melhor a história local, admirar e comprar produtos artesanais típicos.

Feira Central

Embora não esteja aberta todos os dias, apenas de quarta-feira a domingo, a feira é um dos pontos mais visitados da cidade. Com um forte traço da cultura e da culinária japonesa, o lugar também disponibiliza aos visitantes, além de excelentes opções de restaurante, produtos artesanais e do comercio em geral, sendo ideal para quem quer conhecer mais sobre as tradições locais.

Memorial do Papa

Para quem gosta de fazer passeios em lugares mais voltados à religiosidade, principalmente os católicos, o Memorial tem um grande significado. Ele está localizado no bairro Santo Amaro, exatamente onde, no ano de 2001, o Papa João Paulo II, celebrou uma missa campal. No local há uma escultura do Papa com quatro metros.