Atendimento - Seg. a Sáb. 9h às 21h (11) 2626-9632

Londrina

Londrina

Consulte os horários dos ônibus aqui

Londrina, a segunda maior cidade do Paraná e quarta maior do Sul do Brasil é uma cidade cheia de encantos. Conhecida como Capital do Café, o município de apenas 80 anos oferece muitas opções turísticas para aqueles que querem conhecer a região. E tem opções para todos os gostos! Se você está de malas prontas rumo à Pequena Londres, grave todas essas dicas e monte o seu roteiro. Com certeza não se arrependerá! Confira.

Jardim Botânico de Londrina

Um milhão de metros quadrados de mata nativa, nascentes e rios, em uma área voltada ao cultivo e preservação de espécies ameaçadas de extinção, o Jardim Botânico de Londrina é um lugar lindo e energizado. Considerada uma das mais importantes unidades de pesquisa e conservação de espécies nativas e exóticas no Paraná, é visita obrigatória para quem curte natureza e biologia.

Museu Histórico Padre Carlos Weiss

Fundado em 1970, o Museu Histórico de Londrina inicialmente ocupou a antiga Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Londrina. No ano de 1986 foi transferido para o prédio da antiga Estação Ferroviária, uma bela construção baseada na arquitetura inglesa. O Museu, que tem o objetivo de resgatar, preservar e divulgar o patrimônio cultural de Londrina e região, é dividido em três setores: Setor de Imagem e Som “Eugênio Brugin”; Setor de Objetos; e Setor de Biblioteca e Documentação “José Garcia Molina”.

Para quem quer conhecer mais sobre a história de Londrina é uma parada obrigatória!

Bosque Municipal

Localizado na região central da cidade, ocupando uma área de mais de 20 mil metros quadrados, o Bosque Municipal é um lugarzinho superagradável para passar a manhã ou a tarde. Possui pista de cooper, aparelhos para prática de exercícios físicos, parquinho para as crianças e uma boa estrutura de banheiros e bancos para descanso.

Lago Igapó

Cartão-postal da cidade, não se trata de um, mas sim de três lagos. Projetado como uma solução de drenagem de um ribeirão, o Igapó mais tarde acabou fazendo parte de um projeto de revitalização assinado pelo grande Burle Marx. O complexo do Lago inclui áreas de lazer, ciclovias, pista de cooper, aparelhagem para prática de exercícios físicos, estrutura para prática de esportes náuticos, dentre outros. O pôr do sol visto do Lago é imperdível.

Parque Municipal Arthur Thomas

Localizado em uma área de aproximadamente 86 hectares, o Parque possui um lago, uma queda d'água, área de mata com trilhas para passeio e trekking, além de uma usina desativada, a qual fornecia energia elétrica para a cidade de Londrina antigamente. É um dos poucos locais no Paraná com vegetação da Mata Atlântica ainda remanescente. Seu nome é uma homenagem ao desbravador escocês Arthur Hugh Miller Thomas, considerado o fundador da cidade.

Catedral Metropolitana de Londrina

Outro cartão-postal da cidade, a Catedral foi fundada em 1934 e está localizada no centro de Londrina. Foi a primeira igreja da região, construída, na ocasião, no ponto mais alto das terras dali. Sua construção em madeira impressiona pela beleza e imponência. Passou por uma grande reforma no final dos anos 1960, que modificou muito de sua estrutura, mas ainda conserva os detalhes de outrora. Foi reinaugurada em 1970 e elevada a arquidiocese.

Esses são apenas alguns pontos turísticos de Londrina, que possui muitas outras atrações. Vale a pena conhecer o Autódromo Internacional Ayrton Senna, o Museu Padre Carlos Weiss, a Praça Nishinomiya, o Estádio do Café, dentre outros tantos.

E então, gostou das nossas dicas? Já fez o seu roteiro? Compartilhe suas ideias e experiências conosco!